O seu dia começa aqui

Filho manteve corpo da mãe escondido por duas semanas em apartamento

Eracy de Campos trabalhou como servidora pública em Cuiabá e havia se aposentado há menos de um ano.
Técnica de enfermagem Eracy Campos foi encontrada morta em seu apartamento — Foto: Reprodução

O assassinato contra a técnica de enfermagem, Eraci de Campos, de 71 anos, em Várzea Grande, chocou autoridades policiais. O filho, de 33 anos, da aposentada, principal suspeito do crime, manteve o corpo da mãe escondido no quarto do apartamento por duas semanas, até a descoberta do crime, nesta quinta-feira (26).

O suspeito se apresentou à polícia logo após o corpo ser encontrado. Ele permaneceu no apartamento, após ter assassinado a própria mãe.

A polícia foi acionada após forte odor no local. Vizinhos relataram que o apartamento foi trancado pelo rapaz, antes dele conseguir fugir do condomínio. Ele ainda teria afirmada que a mãe estava em viagem.

No local, a polícia encontrou a casa revirada com lixos e o corpo da aposentada enrolado em um lençol na cama do quarto.

Em depoimento, na delegacia, o rapaz confessou que matou a mãe no dia 13 de maio, após uma discussão e que estava sob efeito de drogas.

A investigação policial continua nesta sexta-feira (27).