O seu dia começa aqui

Município em MT registra caso suspeito de varíola de macacos e entra em estado de alerta

Conforme a Secretaria de Saúde de Cáceres, houve uma denúncia informal de uma pessoa com o braço com lesões características da doença.
Embora deixe marcas, a varíola dos macacos não é considerada uma doença grave — Foto: REUTERS

O Município de Cáceres registrou a denúncia de um caso suspeito de varíola de macacos e entrou em estado de alerta na quinta-feira (26). O município faz divisa com a cidade de San Matías, na Bolívia. O país possui um caso suspeito da doença.

A Secretaria Estadual de Saúde (SES-MT) informou por meio de nota que está apurando a informação junto ao município. Segundo o órgão, os casos suspeitos da varíola deverão ser notificados de forma imediata.

De acordo com a secretária Municipal de Saúde de Cáceres, Elis Fernanda de Melo Silva, o município vai permanecer em alerta enquanto houver risco. “Tivemos uma denúncia que uma pessoa passou pela fronteira com o braço cheio de lesões características da doença”. Informou.

A secretária enfatizou que a denúncia foi informal e não sabem, até o momento, se o caso é real, mas por precaução entraram em estado de alerta.“A nossa preocupação é porque é uma doença que se espalha muito rápido”, contou.

Os sintomas iniciais da varíola dos macacos incluem febre, dor de cabeça, dores musculares, dores nas costas, linfonodos inchados, calafrios e exaustão.

Lesões na pele se desenvolvem primeiramente no rosto e depois se espalham para outras partes do corpo. As lesões parecem as da catapora ou da sífilis até formarem uma crosta, que depois cai.

 

Redação com G1