O seu dia começa aqui

Indicado do prefeito é exonerado do cargo de diretor da AGER após 9 dias da nomeação em Sinop

Indicado não possui ensino superior e foi denunciado no Ministério Público. AGER tem papel importante na fiscalização dos serviços públicos.
Prefeito de Sinop Roberto Dorner (Republicanos) Foto: assessoria

O prefeito Roberto Dorner (Republicanos), exonerou, na última sexta-feira (3), o ex-vereador Valdir Sartorelo do cargo de diretor técnico operacional da Ager (Agência Estadual de Regulação dos Serviços Públicos Delegados), nove dias após ter assinado a sua nomeação, em 23 de maio.

A portaria da exoneração foi publicada nesta segunda-feira (06).

Assinada pelo prefeito Roberto Dorner, a demissão do ex-parlamentar ocorreu no mesmo dia que o portal Gazeta Digital tornou público uma denúncia encaminhada ao Ministério Público Estadual (MP-MT) afirmando que o ex-parlamentar não possui nível superior, requisito para assumir a vaga. A remuneração para o cargo é de R$ 6.315,50.

A indicação de Sartorelo para a diretoria da AGER havia sido feita pelo próprio prefeito e foi aprovada em sabatina pelos vereadores. A denúncia encaminhada ao MP também foi enviada com cópia ao presidente da Câmara Municipal de Sinop, Elbio Volkweis (Patriota).

Na nomeação, Elbio foi procurado pela reportagem para comentar a aprovação do ex-diretor, mas ele desligou o telefone quando questionado sobre a aprovação.

A reportagem entrou em contato novamente com o vereador e com a Ager para saber o motivo da exoneração, mas o órgão e o parlamentar não atenderam as ligações.

Até o fechamento da reportagem, a prefeitura não se manifestou.