O seu dia começa aqui

Corpos de acidente entre carretas e caminhão na BR-163 serão identificados com exames de DNA

Motorista do caminhão foi o único sobrevivente do acidente. Quatro pessoas morreram.
Veículo destruído - foto: reprodução

O Instituto Médico Legal (IML) de Sorriso informou, nesta segunda-feira (20), que a identificação dos quatro corpos do acidente entre duas carretas e um caminhão na BR-163, no último domingo (19), será possível apenas com exames de DNA. Conforme o IML, apenas o sexo masculino de uma das vítimas foi identificado.

As duas carretas e o caminhão colidiram na rodovia e pegaram fogo. Conforme o técnico em necropsia, Ediel de Castro, os corpos ficaram carbonizados e não podem ser reconhecidos.

As causas do acidente ainda são investigadas. No entanto, uma análise preliminar apontou que uma das carretas invadiu a pista contrária e colidiu na lateral do caminhão. Em seguida, bateu de frente com a outra carreta.

Os exames de identificação das vítimas devem ficar prontos em 90 dias. Os corpos permanecem no Instituto Médico Legal.