O seu dia começa aqui

Rota Oeste diz que fim da concessão da BR-163 será rápida e recuperação será mantida

Relicitação da rodovia foi autorizada ontem (06) pelo presidente Bolsonaro. Em nota, Rota Oeste afirmou que continuará com os compromissos da rodovia
divulgação

A concessionária Rota Oeste divulgou uma nota, nesta manhã (07), após o presidente Jair Bolsonaro (PL) autorizar a devolução amigável da rodovia ao governo federal. A empresa, que administra trecho da BR-163 desde 2014, afirmou que o fim da concessão será rápido e manterá as obras de manutenção e recuperação até o termino do contrato.

Conforme divulgado, o presidente assinou o decreto que autoriza a relicitação da BR-163. A informação foi confirmada pelo senador Wellington Fagundes (PL).

Em nota, a Rota Oeste destacou o prazo de 90 dias para assinar o termo aditivo que estabelece as regras de transição, mas afirmou celeridade no processo.

“A Rota do Oeste reafirma o compromisso de continuar trabalhando na manutenção, conservação e recuperação da rodovia, além de seguir com os atendimentos operacionais, assistindo os mais de 70 mil motoristas que percorrem a rodovia diariamente. Também trabalhamos para uma transição mais célere possível, em respeito aos usuários da rodovia. ”

Após assinatura do termo, o prazo para nova concessão da rodovia é de 24 meses, conforme o governo federal.