O seu dia começa aqui

Celular de DJ assassinado foi retirado da cena do crime; diz polícia

A motivação do crime é investigada pela Polícia Civil
Vítima do crime - reprodução Facebook

O boletim de ocorrência do assassinato de Kelvin Wallace Delgado, de 25 anos, na noite de ontem (22), registrado pela Polícia Militar, informou que o celular da vítima foi retirado da cena do crime. Conforme os policiais, uma testemunha relatou que o telefone foi levado pela namorada da vítima, que negou ter pego o aparelho.

O DJ e promotor de eventos foi morto a tiros após ser abordado por dois homens enquanto saia de casa com o veículo. Imagens de segurança registraram o crime. Cerca de 10 disparos foram efetuados contra a vítima.

Nenhum objeto de Kelvin foi levado pelos assassinos.

Ainda conforme o boletim de ocorrências, após a perícia, os objetos encontrados com o corpo da vítima foram entregues para a namorada do DJ.

O aparelho de celular de Kelvin deveria contribuir com as investigações da polícia.

Crime foi registrado por câmera de segurança – reprodução

 

Anúncio publicitário