O seu dia começa aqui

Candidato do PP se manifesta contra partido e diz que não apoiará Lula

Partido Progressista mudou apoio político no estado após aliança do candidato ao senado Neri Geller (PP) e o senador Carlos Fávaro (PSD) à candidatura de Lula
Candidato à deputado estadual pelo PP, Sérgio Ribeiro - reprodução Facebook

O candidato a deputado estadual, Delegado Sérgio Ribeiro (PP), publicou um vídeo nas redes sociais se manifestando contra a decisão do partido em Mato Grosso à candidatura do presidente Lula (PT). A decisão do PP foi anunciada em convenção, nesta sexta-feira (05).

“Acabei de sair da convenção do meu partido, o Progressista, que nacionalmente vai apoiar o presidente Bolsonaro na sua eleição, no entanto, aqui no estado, infelizmente, o partido optou em apoiar o candidato Lula e apoiar a candidata ao governo Marcia Pinheiro, quero deixar bem claro, que jamais apoiaria o Lula e a Marcia Pinheiro” explanou o candidato.

O PP oficializou apoio à candidatura de Bolsonaro no dia 27 de julho em votação unânime. No entanto, a aliança de Lula com o deputado Neri Geller (PP) e Carlos Fávaro (PSD) mudou o cenário político do Mato Grosso. O governador Mauro Mendes (UB), candidato à reeleição, chegou a chamar de ingrata a decisão dos ruralistas. “Muita gente sabe disso, ajudei muito… E aí, na primeira oportunidade, ele vai apoiar o outro lado, no mínimo é uma grande ingratidão”. Disse.

A candidatura de Lula também ganhou apoio do prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro (MDB).

“Eu estava lá, em um determinado momento, o orador do evento disse que ela (Marcia Pinheiro) estava seguindo os passos de Manuel Pinheiro, eu me perguntei, será que ela comprou um paletó para ela também? ”, falou o candidato do Progressista.